Fullmetal Alchemist: Brotherhood – Roy Mustang mata a Luxúria


Belas palavras, Alphonse Elric. Finalmente se ajoelhou. Ele usou o isqueiro pra criar faíscas e desenhou um círculo de transmutação usando o próprio sangue. Como sobreviveu com aquele ferimento? Eu cauterizei o ferimento. Quase fiquei inconsciente 2 ou 3 vezes. Lembra do que você disse? Que ainda preciso te matar muitas vezes. Matarei você quantas vezes forem necessárias! Coronel! Eu perdi. Odeio ter que admitir, mas ser executada por um homem como você não é tão ruim. Gosto do seu olhar sem hesitação. Fico ansiosa… Pelo dia que em seus olhos irão se distorcer de agonia. Esse dia está próximo.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *